26/03/2011

Estádio Aviva - Dublin

Olá, pessoal.

Olha que projeto interessante de um estádio de futebol em Dublin., projetado pela Populous com Scott Walker Tallon Arquitetos Dublin, em 2007. O  antigo estádio Lansdowne Road , datado de 1872, foi demolido e em 2008 a construção do novo complexo se iniciou. Mesmo com a demolição, muita coisa foi aproveitada, um exemplo é a estrutura metálica que permaneceu no Aviva. Além do aço, material utilizado na estrutura, toneladas de concreto e alvenaria foram reaproveitadas no enchimento das novas estruturas do estádio.





Se visto de longe, o estádio parece criar ondas no céu graças ao efeito criado pela cobertura de policarbonato. A transparência do material reflete as cores do céu e faz com que o material fique em constante mudança de cores e formas. Esse efeito não é apenas estético, uma de suas funções, muito importante e bem pensada, é de não bloquear a luz nas residências próximas ao estádio e ainda aproveitar a luz natural no interior do complexo, composto por bares, restaurantes, centros empresariais, auditório e salas vip.



O policarbonato é um ótimo material para ser utilizado, oferece 250 vezes mais resistência que o vidro, retarda a propagação de chamas e possui grande facilidade de manuseio e instalação, além de resistir ao amarelamento e quebras.

Confiram algumas das medidas sustentáveis aplicadas no Aviva:
  • reciclagem e reuso das antigas estruturas do estádio Lansdowne Road, tais como os vergalhões de aço, o concreto e alvenaria;
  • uso de concreto de baixa emissão de CO2;
  • escadas rolantes inteligentes: funcionam apenas quando uma pessoa pisa sobre elas;
  • geração de energia: água utilizada nos banheiros e na cozinha é aquecida com o calor produzido pela refrigeração dos geradores do estádio;
  • reuso de água da chuva, coletada pela cobertura de policarbonato e encaminhada para um sistema onde é armazenada e, então, reutilizada na irrigação do campo;
  • gestão de resíduos;
  • promoção de produtos locais: os alimentos comercializados são 100% nacionais;
  • mictórios sem água: geram uma economia de até 20 mil litros de água num único evento;
  • controle de ruídos a partir de painéis acústicos espalhados pelo local que garantem que o som do estádio não ultrapasse 53 decibéis a um metro de distância da fachada (o que equivale ao ruído emitido por uma impressora a laser de escritório);
  • incentivo ao uso de transportes públicos;
  • instalação de ninhos artificiais para pássaros e outros animais silvestres.
Vejam um vídeo que mostra o estádio:


Espero que gostem.

(Fonte: Site oficial Aviva Stadium e Scott Walker Tallon Architects / baseado no texto do site Metálica)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algumas fotos e textos postados nesse blog foram retirados da Internet. Se você detém direito autoral sobre algum material, entre em contato comigo para que o mesmo seja removido ou devidamente creditado.