28/11/2010

O barato sai caro.

Essa é uma questão muito discutida no mundo do design. A cada dia que passa e que eu me envolvo mais com a profissão, algumas opiniões começam a ficar formadas e, sobre esta, definitivamente eu já tenho a minha. Sim, o barato sai MUITO caro.

Recentemente, uma amiga resolveu fazer uma reforma em sua casa. Conversei um pouco com ela para ajudá-la em algumas coisas. Alertei para que procura-se profissionais qualificados e com  boas indicações. Visitar algumas obras prontas de cada profissional é bem útil para obter essas informações. Masss, infelizmente, ela decidiu optar pelo barato e vejam só no que isso deu: 

- Acho que todos nós sabemos para que serve um ralo, não é mesmo? Mas fica difícil utilizá-lo quando o empreiteiro faz a caída para o lado contrário.
- E aquela cozinha dos seus sonhos, que finalmente você conseguiu realizar e que agora, depois de prontinha, você descobre que está com vazamento.
- Legal mesmo é quando você descobre que ele esqueceu de colocar uma mangueira de cobre para o seu lindo cooktop e que o fabricante não aceita fazer a instalação sem ela.
- E quando ele se esquece de fazer a impermeabilização do piso e você começa a ter vazamento no andar de baixo? Uma beleza!
- Paredes tortas? Isso faz parte do barato e você só vai se dar conta depois que mandar fazer os seus móveis ou quando forem colocar os revestimentos.

Agora ela vai precisar gastar mais dinheiro para consertar tudo isso quando ela já podia estar com tudo no lugar e feliz da vida.

São por essas e outras que eu insisto em dizer: o barato sai caro. Fuja do barato e procure os bons.

Beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Algumas fotos e textos postados nesse blog foram retirados da Internet. Se você detém direito autoral sobre algum material, entre em contato comigo para que o mesmo seja removido ou devidamente creditado.